A MFA está completando 25 anos, conheça algumas das nossas últimas conquistas no Brasil

Estamos testemunhando um período crucial na luta pelos direitos dos animais, e a Mercy For Animals está na linha de frente contra a exploração animal na indústria alimentícia. Fundada em 1999 e presente em 6 países, a MFA completa 25 anos em 2024 com a realização de conquistas concretas e duradouras para os animais animais explorados para consumo. 

No Brasil são 9 anos de atuação e já avançamos em várias esferas, desde a mobilização política levantando pautas no Congresso Nacional até engajando empresas e instituições na inclusão e promoção de refeições à base de plantas. 

Investigações

Em, 2023, a MFA lançou 4 investigações e 1 documentário que expõem a realidade da indústria de exploração animal de vários setores como o do leite, da carne, e de ovos. Os vídeos alcançaram mais de 3 milhões visualizações nas redes sociais, resultando em mais de 500 mil assinaturas em petições.

Parcerias com instituições públicas 

A MFA por meio de parcerias com instituições públicas capacitou 896 chefs, nutricionistas e equipe escolar para a substituição de pratos convencionais por culinária vegetal, isso representa mais de 15 milhões de vegetais servidos em 714 escolas

A estimativa é que o resultado desse projeto teve o potencial de poupar a vida de 295.00 animais. 

Engajamento com empresas

A MFA por meio do programa EscolhaVeg criou campanhas que incentivam redes da indústria alimentar e hoteleira a incluírem refeições à base de vegetais no menu. O resultado foi a parceria entre a MFA e a Rede Pullman, maior rede de hotelaria do Brasil, na criação de um café à base de plantas.  Além disso, 358 unidades de restaurantes adicionaram novos itens à base de vegetais ao menu e potencialmente 3 milhões de refeições 100% vegetais foram servidas por empresas esse ano. 

Compromisso cage-free

11 empresas de alimentos anunciaram o compromisso em eliminar ovos de galinhas confinadas em gaiolas e 22 empresas começaram a reportar o progresso que fizeram em relação aos seus compromissos de bem-estar animal. Essa evolução é inspirada pelo trabalho do MICA (Monitor de Iniciativas de Cooperativas pelos Animais), programa da MFA que classifica e analisa  as empresas de acordo com seus posicionamentos e avanços na eliminação do confinamento de galinhas em gaiolas em suas cadeias de suprimentos.

Projetos de lei

  • Exportação de animais vivos 

Uma conquista histórica para a causa animal, em abril de 2023  a Justiça Federal proibiu a exportação de animais vivos em todos os portos do Brasil. Essa vitória foi resultado de uma ação civil pública apresentada pelo Fórum Nacional de Proteção e Defesa Animal e também fruto de uma longa disputa jurídica, travada nos últimos anos por diversas ONGs, ativistas independentes e outras organizações de proteção animal, incluindo a MFA. No entanto, essa decisão não tem efeitos imediatos e a União Federal já recorreu. 

Por isso, a MFA continua com a campanha Exportação Vergonha que já reúne mais de 580 mil assinaturas pela proibição da exportação de animais vivos por via marítima em todo território nacional. 

Créditos da imagem: NSPCA/Cape of Good Hope SPCA]
  • Foie Gras

Em uma campanha bem-sucedida, a MFA em conjunto com apoiadores encaminhou mais de 300 e-mails a deputados da Comissão do Meio Ambiente para encorajar esses parlamentares a votar a favor do projeto de lei que garante em nível federal a proibição de alimentação forçada de animais e da venda de produtos obtidos a partir dessa prática, como o Foie Gras. Essa ação aproxima a proibição de alimentação forçada de animais.

Ação civil pública  

A MFA uniu forças com a Sinergia Animal e apresentou uma ação civil pública na qual alegamos que uma das maiores fazendas leiteiras do Brasil pode estar realizando publicidade enganosa em relação a como os animais são tratados na produção de laticínios. 

Litigância estratégica

 O programa de litigância estratégica dedicado ao estudo da advocacia animal, organizou eventos para discutir a exportação de animais vivos e ações e remédios constitucionais no Direito Animal. O objetivo é contribuir para a consolidação da área enquanto ramo do conhecimento autônomo, bem como auxiliar na conscientização pública sobre a temática dos direitos dos animais explorados para consumo.   

Força voluntária 

Essas conquistas só foram possíveis com a ajuda do nosso time de pessoas voluntárias que realizou de 457 ações em 29 comunidades, levando a mensagem de compaixão e conscientização às ruas, revindicando  cumprimento de compromisso de empresas e engajando nos conteúdos digitais da MFA. 

Junte-se a nós

Você pode ajudar a fortalecer e expandir o impacto do nosso trabalho em prol da proteção dos animais explorados para o consumo e da construção de um sistema alimentar justo e sustentável. Considere se engajar com a gente, se tornando agente de transformação e apoiando o nosso trabalho de forma concreta, participe das ações online ou presenciais da Força Voluntária Pelos Animais e venha se tornar agente da mudança!