Nos dias 29, 30 e 31 de maio, foi realizado o 1º Fórum Regional das Cidades Latino-Americanas Signatárias do Pacto de Milão sobre Política de Alimentação Urbana na cidade do Rio de Janeiro.

O evento reuniu especialistas da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO), da Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS), da Organização Mundial da Saúde (OMS) e do Programa das Nações Unidas para os Assentamentos Humanos (ONU-Habitat).

O encontro teve como objetivo debater políticas alimentares seguras, inclusivas e sustentáveis. Dentre os pontos abordados, estão: sustentabilidade, respeito à natureza, diversidade e redução do desperdício.

Assinado em outubro de 2015, a finalidade do Pacto de Milão sobre Política de Alimentação Urbana é a criação de uma rede de cidades comprometidas com o desenvolvimento e a implementação de sistemas alimentares sustentáveis.

Participação do Alimentação Consciente Brasil
Para se atualizar sobre as ações que cada cidade está desempenhando dentro desse tema e colaborar, o programa de políticas alimentares da Mercy For Animals, Alimentação Consciente Brasil, também esteve presente.

O Alimentação Consciente Brasil é um programa sem fins lucrativos, que visa substituir 20% da oferta de alimentos de origem animal por alimentos de origem vegetal, possibilitando uma realocação dos recursos financeiros na compra de alimentos mais diversos e com uma produção mais justa, como alimentos orgânicos e de agricultura familiar.

Tendo em vista que a pecuária é responsável por 70% do desmatamento na América Latina, pelo consumo de 60% dos recursos hídricos disponíveis no Brasil e pela emissão de 69% dos gases de efeito estufa no Brasil, a mudança no consumo dos produtos de origem animal é fundamental se quisermos políticas alimentares alinhadas com a ideia de um planeta mais sustentável.

Para Thayana Oliveira e Bruna Nascimento, nutricionistas do Programa, estar presente nesse evento e conversar com os representantes das cidades é uma ótima maneira de iniciar um diálogo sobre esse tema, sem deixar de considerar outras questões como o acesso à alimentação e à segurança alimentar e nutricional.

Se interessou e acha que pode ajudar? Aqui você encontra mais informações sobre o Alimentação Consciente Brasil!