Uma pesquisa publicada na última segunda-feira (19) pela revista científica Frontiers in Marine Science revelou que 73% dos peixes de zona no Oceano Atlântico ingerem microplásticos. Isso quer dizer que foram encontrados pedaços de plástico em quase três em cada quatro peixes do Atlântico. Foi encontrada uma média de 1,8 fragmentos de microplásticos por peixe, dentre os quais o tipo mais frequente foi o polietileno, plástico bastante comum no mercado.

Além de fazer soar um alarme dos ambientalistas, que há tempos alertam para a insustentabilidade do consumo indiscriminado de plástico e para a poluição dos oceanos, essa constatação ainda é preocupante para a saúde humana: indiretamente, esse plástico irá parar no organismo das pessoas que consomem peixe, sobretudo em peixes-espada e atuns, alguns dos mais consumidos pelos brasileiros, que encontram-se também no topo da cadeia alimentar.

A descoberta científica é corroborada pelo vídeo que um pescador da Costa Rica fez do momento em que ele cortou um peixe e, dentro de seu estômago, encontrou uma quantidade assustadora de lixo. A filmagem, chocante, evidencia o nível assustador de poluição dos oceanos e também o risco que as pessoas correm quando se alimentam de animais. De dentro do peixe, o pescador foi tirando pouco a pouco objetos como tampa de garrafa, um pente e até um isqueiro.

Tirando o fato de não ser saudável, a pesca é uma atividade cruel para os peixes, que são seres extremamente sensíveis. Na verdade, cientistas de todo o mundo notaram diversas vezes que os peixes sentem dor da mesma forma que os animais terrestres. Os peixes são até mesmo comparáveis a cães, gatos e outros animais na forma como sentem prazer.

Nós não conseguimos nem imaginar a tortura que é ser cortado ao meio enquanto ainda se está totalmente consciente. Ou morrer asfixiado lentamente, sem conseguir respirar fora da água.

Você pode continuar fazendo pratos de frutos do mar, mas substituindo os peixes por alternativas vegetais tão gostosas quanto e mais saudáveis. Clique aqui para conferir a lista de receitas que preparamos.