Selo vegano já está presente em 30% dos produtos do Boticário

Em janeiro de 2019, o Boticário assumiu o compromisso com o público vegano de criar uma identificação para produtos sem nenhum ingrediente de origem animal. A empresa optou por criar um selo próprio, sem a utilização de uma certificadora externa e, para isso, se baseou em padrões internacionais.

As principais marcas do Boticário que receberão o selo são a Make B e a Intense. O selo será uma forma de ajudar o consumidor a identificar quais produtos são veganos, já que nem todos da linha têm essa característica.

Foto: Divulgação

Há planos para que a marca se torne totalmente vegana no futuro, mas ainda há um longo caminho a ser percorrido. Porém, ao longo do processo, outras conquistas devem ser celebradas.

Selo Cruelty Free PETA

Desde 2000, o Boticário não realiza nenhum procedimento com testes em animais. Pelo contrário, a marca foi a primeira empresa brasileira a desenvolver a pele em 3D e organs-on-chip, justamente para fazer a simulação de uso de produtos e excluir de vez o teste animal.

Em março de 2019, a ONG norte-americana People for the Ethical Treatment of Animals (PETA) reconheceu formalmente que o Boticário não realiza testes em animais. Agora, a marca possui o selo Cruelty Free (Livre de Crueldade, em português).

Mas atenção! Produtos cruelty free são diferentes de produtos veganos. Cruelty free diz respeito apenas aos testes em animais. No caso do Boticário, os produtos são cruelty free, mas apenas 30% deles são veganos, ou seja, não possuem ingredientes de origem animal.

A iniciativa evidencia a crescente preocupação da marca em apoiar a luta pela proteção animal. A transformação do mundo corporativo, principalmente, não é imediata, mas deve ser valorizada a cada passo.

E você? Já pensou em aderir ao veganismo no seu dia a dia? Conheça o Desafio 21 Dias Sem Carne clicando aqui e descubra como é fácil trazer a paz para o prato!

Foto de capa: Divulgação