Políticas Corporativas

A Mercy For Animals trabalha para eliminar as piores causas de sofrimento animal e para aumentar a participação dos alimentos de origem vegetal e cultivados à base de células no mercado.

MUDANÇAS INSTITUCIONAIS

Práticas consideradas “padrão” e amplamente utilizadas nas indústrias de carne, laticínios e ovos causam tremendo sofrimento animal. Porcos e galinhas sofrem constantes maus-tratos na indústria. Porquinhos têm seus rabos cortados e seus dentes serrados sem qualquer anestesia. As galinhas passam a vida em gaiolas de metal, num espaço do tamanho de uma folha de papel, sem condições de andar, esticar suas asas, empoleirar-se ou expressar outros comportamentos naturais. Os animais vivem uma realidade que não é digna de nenhum ser vivo.

O departamento de Políticas Corporativas da MFA trabalha com foco nas maiores empresas da indústria alimentícia, visando eliminar as piores práticas da indústria e implementar políticas corporativas de proteção para os animais. Nós também buscamos aumentar a participação dos alimentos de origem vegetal e cultivados à base de células no mercado.

Nosso Progresso

Centenas de marcas dos Estados Unidos, muitas com atuação global, já se comprometeram a eliminar práticas cruéis após negociação ou campanhas realizadas pela Mercy For Animals.

No México, as empresas Grupo Bimbo, McDonald’s, Starbucks, PepsiCo e outras já se comprometeram a banir o uso de ovos produzidos em sistemas que utilizam gaiolas.

No Brasil, cerca de 100 empresas já anunciaram políticas nesse sentido, entre elas McDonald's, Burger King e Unilever. Em 2018, o Carrefour, um dos líderes do varejo no país, se tornou o primeiro varejista na Ásia e no Brasil a anunciar o compromisso.

Voluntariado Heróis Pelos Animais

Há anos, os apoiadores da MFA têm nos ajudado a realizar campanhas incessantemente, levando centenas de marcas a assumirem o compromisso com o fim do confinamento de galinhas em gaiolas, algo que reduz drasticamente o sofrimento delas.

De onde você estiver, ajude milhões de animais com apenas 2 minutos de ações por dia. Você receberá e-mails diários para, juntos, pedirmos às maiores empresas do país que anunciem políticas que ajudam a acabar com algumas das principais causas de sofrimento animal em suas cadeias de suprimentos.

Inscreva-se Aqui!

ADEUS, GAIOLAS

Diversas investigações da MFA no Brasil e em outros países revelaram o sofrimento ao qual as galinhas na indústria de ovos são submetidas. Os maus-tratos acontecem com as galinhas e com os pintinhos. Há muita brutalidade envolvida na vida desses animais explorados para consumo.

No Brasil, cerca de 100 empresas já anunciaram políticas nesse sentido, entre elas McDonald's, Burger King, Unilever, Subway, Spoleto, Danone, Nestlé, Grupo Habib’s e Madero. Em 2018, o Carrefour, um dos líderes do varejo no país, se tornou o primeiro varejista na Ásia e no Brasil a anunciar o compromisso de banir a venda de ovos provenientes de galinhas confinadas em gaiolas.

Confira aqui todas as empresas comprometidas com essa questão no Brasil.