Peixes enfrentam superlotação e asfixia, revela investigação

Uma nova investigação secreta do grupo italiano de defesa dos animais Essere Animali registrou peixes sendo mantidos em tanques-rede e deixados para morrer de forma dolorosa. A investigação foi feita em diversas fazendas aquáticas na Grécia, que fornecem mais de metade dos sargos e robalos vendidos na Itália e os enviam para países ao redor do mundo, incluindo Reino Unido e Estados Unidos.


A região de Sagiada, na Grécia, é conhecida pela aquicultura, que é a prática de reproduzir e criar peixes em ambientes controlados. Assim como outras fazendas de exploração animal, a aquicultura sujeita os animais a condições de superlotação e nega a eles a chance de realizar muitos de seus comportamentos naturais mais básicos.

Segundo a Essere Animali, a região de Sagiada conta com 26 fazendas de peixes, distribuídas ao longo de mais de 17 quilômetros de costa. Apesar de o vídeo da investigação declarar que robalos livres podem migrar por mais de 96 quilômetros, os animais nessas fazendas ficam presos em tanques-rede sem nada para fazer a não ser nadar incessantemente em pequenos círculos.


O investigador perguntou a um funcionário há quanto tempo alguns daqueles peixes estavam nos tanques. “Desde 2014”, ele respondeu e, em seguida, acrescentou que 20% dos peixes tinham morrido naquele período.

Ao mesmo tempo em que esses peixes sofrem a vida inteira, o pior sofrimento vem no final, quando eles são mortos. No vídeo, robalos e sargos são içados da água em redes lotadas. Muitos são esmagados pelo peso combinado dos outros peixes ou têm suas barbatanas rasgadas.


Os peixes não são insensibilizados antes de serem despejados em baldes de água gelada e se contorcem de agonia até sufocarem e morrerem lentamente. Finalmente, os peixes mortos são enviados para restaurantes e mercearias de várias partes do mundo.


Milhões de peixes são criados e mortos dessa maneira a cada ano. Assim como outros animais, peixes sofrem e sentem dor. Num artigo de 2018, a revista Hakai Magazine destacou diversos estudos científicos provando que peixes sentem dor da mesma forma que animais terrestres, concluindo: “A grande maioria dos trilhões de peixes abatidos anualmente são mortos de maneiras que provavelmente causam a eles enorme sofrimento”.

Você pode fazer a diferença para os peixes e outros animais ao optar por mais refeições sem nada de origem animal. Uma maneira de começar é baixando o Guia Vegetariano gratuito hoje mesmo.