Mercy For Animals e Alimentação Consciente Brasil recebem honrarias na Câmara Municipal de Niterói

A Mercy For Animals e seu programa Alimentação Consciente Brasil (ACB) receberam honrarias como parceiros da proteção animal no estado do Rio de Janeiro no último dia 25 de junho. Durante a solenidade, foram entregues moções de aplauso para instituições que de alguma forma contribuem para os direitos dos animais em Niterói, homenageando iniciativas que vão desde resgates de animais silvestres à questão da alimentação.

O evento aconteceu na Câmara Municipal da cidade e foi uma iniciativa do vereador Bruno Lessa (PSDB-RJ), presidente da Comissão de Meio Ambiente da casa, e do ex-vereador Daniel Marques (PV-RJ), militante de causas ecológicas e de proteção animal. A Coordenadora Voluntária de Ações em Niterói, Fernanda Rocha, representou o ACB durante o evento e o Coordenador Voluntário de Ações no Rio de Janeiro, Daniel Cruz, representou a MFA.

"Membros da mesa que compunha a solenidade enfatizaram o crescimento contínuo da visibilidade que assuntos relacionados aos animais vêm ganhando, inclusive no que diz respeito aos animais considerados de consumo, como frisou Elizabeth MacGregor", conta Cruz. Ele e Rocha falaram no evento sobre a MFA e suas principais conquistas, delineando a estrutura da organização e citando os números alcançados em apenas dois anos e meio de atividades no país.




Niterói consciente

Niterói anunciou, em dezembro do ano passado, seu compromisso com o programa Alimentação Consciente Brasil, operado pela Mercy For Animals, e em breve começará a servir refeições livres de produtos de origem animal uma vez por semana em escolas públicas. A iniciativa tem como objetivo reduzir o consumo de produtos de origem animal, promovendo uma alimentação mais consciente que beneficia a saúde pública, o meio ambiente e, é claro, os animais.


A adesão ao ACB deve trazer um impacto direto sobre as 25 mil refeições servidas diariamente em suas mais de 100 escolas municipais. “Niterói comprovou ser uma cidade líder na promoção de melhorias de saúde pública em escolas e na proteção do meio ambiente”, ressalta a Gerente de Políticas Alimentares do Alimentação Consciente Brasil, Renata Scarellis. “É um verdadeiro exemplo para outras cidades implementarem dias com refeições livres de produtos de origem animal, o que já foi feito em vários países da Europa, em diversas cidades nos Estados Unidos e no Brasil”, completa.

Com o anúncio, o município engrossou a lista de cidades brasileiras que assumiram o compromisso de promover a saúde e a sustentabilidade em seus programas de alimentação, que inclui ainda municípios como Cuiabá, Sinop e Várzea Grande, no Mato Grosso, impactando mais de 25 milhões de refeições por ano.

Quer ajudar a fazer com que esse trabalho de incentivo ao veganismo e combate à crueldade contra animais continue? Precisamos de você. Clique aqui para fazer sua doação.