Para ajudar a frear a transmissão da pandemia do coronavírus que está tomando o mundo, a recomendação dos órgãos de saúde é permanecer em casa. Por isso, evitar saídas excessivas para os supermercados é fundamental nesse período.

A boa notícia é que existe uma grande variedade de alimentos vegetais que podem ser mantidos na sua cozinha, sem grandes preocupações com o prazo de validade. Confira a seguir!

Leguminosas e grãos

Feijão, lentilha e grão-de-bico são vegetais versáteis e ricos em proteínas. Quando combinados com arroz, quinoa, aveia ou cevada, por exemplo, fornecem ainda mais nutrientes.

Esses e outros grãos, cereais e leguminosas são encontrados em qualquer mercado a preços acessíveis. Podem ser comprados em sacos embalados ou a granel. Quando bem armazenados, duram meses na despensa.

Sementes, castanhas e frutas secas

Ricos em nutrientes, gorduras boas e proteínas, as sementes e castanhas são opções saudáveis para manter em casa durante o período de recolhimento. Além disso, as frutas secas, apesar de terem alto teor de açúcar, também são bons produtos que demoram a estragar.

A desvantagem dessas opções é que nem sempre os preços são acessíveis. Lojas a granel ou de produtos naturais geralmente têm preços mais baixos do que os supermercados, então vale buscar nesses estabelecimentos

Macarrão e massas

Você sabia que massas secas podem durar por mais de um ano? Espaguete, penne, fusilli e lasanha são algumas das opções mais conhecidas, mas também há as versões orientais de noodles à base de arroz, como o bifum.

Essas preparações podem ser finalizadas em poucos minutos com facilidade. Os acompanhamentos podem variar com molhos e outros vegetais enlatados ou congelados.


Enlatados

Feijões, soja, grão-de-bico, tomate, ervilha e outros vegetais enlatados são alternativas práticas e com data de validade extensa. Você pode combinar esses produtos com grãos cozidos ou macarrão. Para sobremesa, existem frutas enlatadas, como o pêssego em caldas, que adoça o paladar e pode durar muito tempo na despensa.

No entanto, alguns enlatados podem conter alto teor de sódio e devem ser evitados por hipertensos ou pessoas que precisam evitar o sal.


Frutas e vegetais congelados

Ocupar o congelador com frutas e vegetais pode ser uma boa ideia durante esse período de isolamento. Enquanto alimentos frescos estragam em pouco tempo, os congelados podem durar meses e são boas opções para complementar receitas.

As frutas, por exemplo, são ideais para sucos e smoothies. Cogumelos, ervilhas, brócolis e outros alimentos podem ser refogados ou assados e acompanham bem as massas, os grãos e as leguminosas. Também podem servir de recheio em tortas, bolinhos e hambúrgueres veganos.


Carnes vegetais

Hoje, grande parte dos mercados já fornece uma boa variedade de carnes vegetais congeladas. Existem opções da Fazenda Futuro, da The New Butchers, da linha Incrível da Seara e da linha Veg&Tal da Sadia. A Mr. Veggy também está presente em alguns mercados com sua linha de hambúrgueres e coxinhas.

Confira aqui algumas opções de nuggets à base de vegetais.


Lanches

Entre uma refeição e outra, um lanchinho sempre cai bem. Existem opções saudáveis, como as castanhas mencionadas acima, além de snacks de algas e bolachinhas de sementes. Mas também há produtos comuns, como chocolates sem leite, bolachas como Oreo, wafer e biscoito Maria (confira a lista de ingredientes), amendoins, torradas e outros salgadinhos.

Agora que a sua cozinha já tem alimentos suficientes, é hora de relaxar. O importante é permanecer dentro de casa saudável e seguro e evitando a transmissão do vírus.

E não se esqueça que é possível ajudar os animais mesmo de casa! Faça uma doação ou junte-se ao nosso time de voluntários, participando em nossas ações on-line.